terça-feira, 29 de setembro de 2009

O número de doadores aumenta no Ceará.

O número de doações de orgãos de doadores mortos, feito esse ano aumentou no estado do Ceará. Segundo a coordenadora da central de transplantes do Ceará, Eliana Régia Barbosa de Almeida, os bons resultados alcançados de deve a mobilização dos agentes e ao trabalho que vem sendo feito com associações de parentes e escolas, unidades de saúde, e meios de comunicações locais no sentido de incentivar as doações.

Apesar do aumento de transplantes no Ceará, ainda existe pessoas aguardando o orgão, a fila é muito grande,135 pessoas: 654 cornea, 10 coração, 159 fígado, 283 rim, 29 medula óssea.


O Brasil ainda tem um número de doadores por morte encefálica.
O aperfeiçoamento dos processos de gestão das centrais estaduais influenciou o resultado, pois as listas tem sido atualizadas, e os pacientes, recadastrados."Aumentar o número de doadores é o objetivo a ser seguido para equacionar melhor a demanda por trasplantes"diz:Rosana Nothen, coordenadora do Sistema Nacional de Transplantes.(SNT).



Mais informações: Transplantes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores