quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Remédio abortivo é vendindo pela internet


Remédios de venda proibida é vendido pela internet, em sites de relacionamentos segundo uma investigação feita pela G1.

No dia 16 de Novembro, o G1 fez contato por MSN com uma mulher que estava fazendo propaganda no orkut e depoimentos de pessoas que compraram o remédio Cytotec um remédio abortivo, no orlut tinha mensagens de mulheres jovens e adolescentes que agradeciam pelo fornecimento do rémedio.

O medicamento era vendido por R$: 370,00, por quatro comprimidos. Onde era enviado pelo sedex, em uma caixa de cd trasparente.

Desde 1998, a comercialização para o público em geral é proibida no Brasil. O remédio só é encontrado em hospitais,o cytotec serve para induzir o parto em mulheres com dificuldades para ter dilatação e para expulsar fetos presos no útero após abortos naturais.

Esses remédios entram no país por contrabando, geralmente formiguinha", explica o chefe de inteligência da Anvisa, Adilson Batista Bezerra.

A anvisa (Agência Nascional de Vigilância Sanitária)o orgão que é responsavél pela fiscalização, o governo sabe da fraude e tenta combater.

Mais informação: Anvisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores